Memento

 
MEMENTO

-
Pois que se atenda às origens]
Donde brota tudo o que se eleva]
— memorar afasta a treva,
Aquilo que a beleza sempre finge.]
E de ossos e fundos de terra
Emergir a lembrança leve
Que acentua a clareza
De tudo o que é breve.
E na mutação eterna do elemento]
Erguir a fronte, olhar, memento
— A alma permanece.
-
Esta coleção foi desenvolvida a partir de moldes de ossos de um macaco e uma ave (de espécie não identificada). Os ossos são pertencentes à uma obra do artista Walmor Correa.
-
Moldelos: Daniel Tupy e Matheus Tibu
Fotografia: Pedro Nart